Um novo conceito em Hospital Dia
Siga-nos:

E-mail

clinicaartcorporis@uol.com.br

Telefone

(61) 3542-2782 / 99921-6282

OTOPLASTIA EM BRASÍLIA

(CIRURGIA DE ORELHA)

OTOPLASTIA (CIRURGIA DE ORELHA)

O QUE É OTOPLASTIA?

A otoplastia é uma cirurgia plástica de orelha. Consiste na correção das deformidades da orelha, seja por causa de um trauma, uma doença ou hereditariedade. A otoplastia pode ser feita tanto em crianças quanto em adultos e a recuperação é relativamente rápida. Antes da cirurgia, o paciente passa por uma avaliação minuciosa com o cirurgião plástico para que ele possa determinar qual é a melhor forma de corrigir a deformidade.

A plástica na orelha é uma prática muito comum e com um resultado estético e emocional de alto impacto. A Otoplastia reduz o pólo superior da orelha, lóbulo ou reposicionamento da orelha em relação à cabeça (correção de orelha de abano). A idade ideal para fazer esta correção é a partir dos 6 anos, quando a orelha já alcançou o tamanho adulto.

O tipo de incisão usada para a cirurgia de orelhas depende da extensão do problema e, mesmo quando apenas uma orelha parece proeminente, a cirurgia é realizada nas duas orelhas para um melhor resultado. A Otoplastia beneficia a aparência e a autoestima pois cria uma forma natural, sem deixar evidência de orelha de abano ou mesmo de cirurgia, dando equilíbrio e proporção às orelhas e à face.

QUANDO A OTOPLASTIA É INDICADA?

A cirurgia de correção de orelha é indicada em casos de assimetria na forma, no tamanho, na angulação, malformações congênitas ou deformidades pós-traumáticas. O foco é tanto estético quanto funcional, e o cirurgião preza pela forma das orelhas, pelo volume e pela posição, de modo que harmonize com o rosto do paciente.

Do mesmo modo, o incômodo do paciente com relação às suas orelhas é o que determina a necessidade de otoplastia para corrigir casos de macrotia (orelhas com tamanho acima do normal). Já nas malformações que possam causar prejuízos funcionais às orelhas externas (cujas funções principais são captar e amplificar os sons), a cirurgia passa a ser recomendada, pois há uma necessidade além da questão estética.

QUAIS OS RISCOS DA CIRURGIA DA ORELHA?

Alguns possíveis riscos associados à otoplastia, com maior ou menor grau de gravidade, são:

  • hematoma;
  • edema;
  • despigmentação;
  • perda ou redução da sensibilidade local;
  • infecção;
  • assimetria;
  • alergia aos materiais cirúrgicos;
  • dor que pode perdurar.

Também existem os riscos relacionados à anestesia (que em adultos, geralmente, é local com sedação e, nas crianças, geral). Por isso, antes de realizar o procedimento o médico responsável pede uma série de exames complementares, os quais são avaliados pelo anestesiologista.

COMO FICA A ORELHA DEPOIS DA OTOPLASTIA?

De maneira geral, pode haver a piora da cicatrização e, até mesmo, prejuízo à estética das orelhas. O resultado da otoplastia só é considerado como definitivo após 3 meses. A forma de abano não deve retornar, mas não se pode dar 100% de garantia.

QUE TIPO DE ANESTESIA É USADA NA OTOPLASTIA?

A otoplastia pode ser realizada com anestesia local associada ou não à sedação ou com anestesia geral.

Quanto tempo para recuperar da otoplastia?

O prazo pode variar para cada paciente e de acordo com o procedimento realizado. Porém, em geral, a cicatrização inicial leva em torno de dois meses e a completa aproximadamente seis meses. Tratamentos estéticos como a drenagem linfática ajudam a apressar o resultado. Ao longo de todo esse período as cicatrizes vão ficando cada vez mais claras, discretas e sem relevo e ao final do processo de recuperação estarão praticamente imperceptíveis.

Como aliviar a dor da Cirurgia de Orelha?

Após uma cirurgia de orelha é comum existir dor ou incômodo no local, por isso, o médico normalmente recomenda o uso de medicamentos analgésicos e/ou anti-inflamatórios, que ajudam a controlar a dor e o inchaço, como dipirona, paracetamol ou tramadol, por exemplo, dependendo do tipo de cirurgia e da intensidade da dor.

Pode fazer otoplastia duas vezes?

A cirurgia de orelha pode ser feita mais de uma vez sem problemas.

Quais as chances da otoplastia voltar?

Até então, estatísticas médicas indicavam que entre 10% e 15% dos pacientes teriam que refazer a cirurgia em algum momento, ou seja, a orelha de abano pode voltar meses depois do procedimento. O retorno das orelhas à posição original é chamado de recidiva, e o procedimento para refazer a operação é conhecido como otoplastia secundária. Porém, as novas técnicas reduzem drasticamente as chances da otosplastia voltar.

Como usar óculos após otoplastia

O uso dos óculos é liberado até por cima do curativo, preso com esparadrapo na faixa, desde que não aperte demais a cabeça. Quando for retirado o curativo, deve-se tomar cuidado com os óculos apertados à cabeça, ou atrás da orelha, que deverão ser reajustados à face.

Em quanto tempo depois da otoplastia pode usar brinco?

Como o uso de faixa é indicado por 15 dias, durante 24 horas (tirando apenas para o banho), nesse período não é permitido o uso de brincos. Após esse período, o uso dos brincos é variável e em geral deve-se aguardar, em torno de 30 dias

 

________
Referências: SBCP, Plastic Surgery Grabb and Smith e Cirurgia Plástica fundamentos e Arte, Mélega

Procurando Cirurgia de Orelha em Brasília?

Marcar uma consulta

Veja outras Cirurgias Plásticas que oferecemos

Cirurgia Plástica Brasília