Um novo conceito em Hospital Dia
Siga-nos:

E-mail

clinicaartcorporis@uol.com.br

Telefone

(61) 3542-2782 / 99921-6282

Menu

Coolsculpting: um tratamento inovador

Seis em cada dez brasileiros estão com sobrepeso
Guia de Conteúdo

Em 2020, seis em cada dez brasileiros estavam com sobrepeso, segundo dados divulgados pela última Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). Esses números correspondem a aproximadamente 96 milhões de pessoas acima do peso

Já em 2021, a pesquisa da Vigitel, realizada pelo Ministério da Saúde, apontou que o percentual continuava praticamente o mesmo, com 57,5% de indivíduos nessa condição. 

Além disso, a pesquisa mais recente ainda mostra que os homens estão na frente, com 59,9% deles com sobrepeso. Já entre as mulheres, esses percentuais chegam a 55%. Em relação à faixa etária, a condição está mais presente em pessoas entre 45 e 64 anos. 

Porto Velho, Manaus, Porto Alegre, Belém e Rio Branco são as capitais com mais pessoas acima do peso. 

Diante desses dados preocupantes, já que a obesidade é considerada um problema de saúde pública pela Organização Mundial da Saúde (OMS), cresce o número de pessoas que buscam a ajuda dos tratamentos estéticos para emagrecer. 

Todos sabemos que a receita mais assertiva para promover o emagrecimento é a combinação de atividades físicas e dieta, no entanto, o processo acontece a longo prazo e exige bastante determinação. 

Uma boa estratégia para acelerar os resultados é realizar o Coolsculpting. A técnica foi criada por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e promete destruir as células de gordura do nosso organismo

Se você quer conhecer esse procedimento inovador que garante a entrega de resultados efetivos em poucas sessões, continue a leitura. Neste artigo, vamos te contar todos os detalhes do tratamento. 

Leia também: Removendo a gordura localizada: Conheça a Lipoescultura

O procedimento é mais eficiente para induzir à morte da célula de gordura
O Coolsculpting é semelhante à criolipólise, porém a tecnologia é mais avançada. (Foto: Envato Elements)

O que é o Coolsculpting?

O Coolsculpting é uma técnica desenvolvida pelos dermatologistas Zeltzer e Dieter Manstein, na universidade de Harvard, Estados Unidos. O procedimento foi aprovado pelo Food and Drug Administration (FDA) e pela ANVISA, sendo um dos principais procedimentos não invasivos para tratar gordura localizada. 

O procedimento é semelhante à criolipólise, porém sua capacidade de congelamento da célula adiposa é superior, chegando a até – 11 ºC. Enquanto a técnica anterior atingia apenas – 6 ºC. 

Essa diferença de temperatura é crucial, já que com – 6 ºC a criolipólise apenas atinge as regiões de forma irregular e não elimina as células de gordura, apenas promove seu murchamento. 

Já no caso do Coolsculpting, o grau de temperatura atingido é capaz de afetar a região de forma homogênea e induzir a morte das células adiposas. 

Além disso, alguns estudos apresentando resultados com o Coolsculpting já foram publicados, o que mostra uma associação efetiva entre tecnologia e ciência. 

Quais as indicações de tratamento?

O Coolsculpting pode ser utilizado para a redução de gordura localizada em diversas regiões do corpo. Veja alguns dos tratamentos possíveis com a tecnologia:

  • Braço;
  • Gordura do sutiã;
  • Flancos;
  • Abdômen;
  • Culote;
  • Parte interna da coxa.

Apesar de o Coolsculpting ser eficiente no tratamento de gordura localizada, ele não é indicado para pacientes obesos, pois, nestes casos, outras opções de procedimentos serão mais efetivas. 

Portanto, é necessário passar uma avaliação com o dermatologista para analisar qual o tipo de tratamento mais indicado. 

Além disso, o Coolsculpting também é contraindicado para pacientes que sofrem com crioglobulinemia, doença de aglutininas a frio e hemoglobinúria paroxística a frio. 

Por que o Coolsculpting é uma boa opção para tatar gordura localizada?

Nós sabemos o quanto é difícil perder gordura localizada mantendo apenas uma rotina de exercícios físicos e dieta. Além disso, recorrer a uma cirurgia plástica, como a lipoaspiração, nem sempre é possível, considerando seu preço e o tempo de recuperação necessário. 

O Coolsculpting surgiu como uma estratégia meio termo, que possui um preço mais acessível e é minimamente invasivo, dispensando a necessidade de se afastar das atividades laborais para recuperação. 

Além disso, a tecnologia inovadora é capaz de trazer resultados efetivos com poucos efeitos colaterais. 

Outra vantagem está na segurança. A máquina possui um sensor de resfriamento controlado, desligando automaticamente em casos de queda de temperatura corporal abaixo do nível adequado.

É necessário fazer uma avaliação com o dermatologista para analisar cada caso
O Coolsculpting não é indicado para pacientes com obesidade. Nestes casos, outros tratamentos são mais efetivos. (Foto: Envato Elements)

Quais os efeitos colaterais do Coolsculpting?

Os efeitos colaterais do Coolsculpting são leves e passageiros. Algumas pessoas podem apresentar dor ou desconforto local por um período mais prolongado. 

Dentre os sintomas mais comuns estão: inchaço, vermelhidão e sensibilidade na região tratada. Inchaços mais graves ou outros sintomas são mais raros. 

No geral, o procedimento é seguro e minimamente invasivo, não oferecendo grandes riscos aos pacientes. 

Conclusão

O Coolsculpting é uma excelente estratégia para a redução de gordura localizada. Além de ser minimamente invasivo, a técnica promete estimular a morte das células adiposas. 

Para que os resultados sejam mantidos a longo prazo, o caminho ideal é associar o procedimento com uma rotina de exercícios físicos e dieta. 

A clínica Art Corporis possui uma equipe de dermatologistas especialistas no assunto. Se você busca um atendimento de qualidade e quer saber se o Coolsculpting é para você, clique aqui e converse com nossa equipe. 

Avalie post
CO2 Fracionado

Clínica Art Corporis

Oferecemos centro cirúrgico, com leitos para internação para outras especialidades.

Categorias

Veja também

pele sensível
Dermatologia

Cuidados Especiais para Pele Sensível

Ter uma pele sensível requer cuidados especiais para mantê-la saudável e protegida. Descobrir a rotina adequada e os produtos certos

Cirurgia Plástica Brasília