Um novo conceito em Hospital Dia
Siga-nos:

E-mail

clinicaartcorporis@uol.com.br

Telefone

(61) 3542-2782 / 99921-6282

Menu

Lobuloplastia: O que é? Como funciona?

A utilização de brincos e outros acessórios pode danificar a anatomia do lóbulo da orelha
Guia de Conteúdo

A utilização de brincos e acessórios nas orelhas é muito comum. Muitas pessoas utilizam mais de um item pendurado para combinar com o look. No entanto, o lóbulo da orelha – região onde é feito o furo para pendurar acessórios – é relativamente frágil e pode rasgar com o tempo. 

Conhecido como lóbulo da orelha rasgado, lóbulo bífido ou também orelha rasgada, é uma lesão geralmente ocasionada pela utilização desses acessórios. Em alguns casos mais raros, acidentes também podem ocasionar o problema. 

Independente da causa, a cirurgia para reparar a orelha rasgada é conhecida como lobuloplastia. O procedimento é indicado para pessoas que já sofreram a lesão ou para os que possuem o furo do lóbulo muito alargado e querem corrigir o problema. 

A cirurgia também é bastante procurada por pessoas que utilizavam alargadores e não se identificam mais com o item. Sendo assim, faz-se necessário restaurar a anatomia natural do lóbulo.

Neste artigo, vamos explicar como funciona a lobuloplastia, como é o pós operatório e os riscos envolvidos no procedimento. 

Como funciona a cirurgia?

A lobuloplastia é uma cirurgia relativamente simples, considerada de pequena complexidade, realizada no próprio consultório médico. 

O procedimento requer apenas uma anestesia local no lóbulo que será corrigido. Após alguns minutos, o médico une as bordas do tecido da orelha com pontos de sutura, corrigindo a fenda ou diminuindo o furo presente no local. 

A pequena cirurgia dura de 20 a 30 minutos, dependendo do paciente e não requer afastamento das atividades laborais para repouso.

O procedimento dura em torno de 30 minutos e requer apenas uma anestesia local
A lobuloplastia é uma cirurgia simples, realizada no próprio consultório médico. (Foto: Envato Elements)

Leia também: Rinoplastia: Entenda tudo sobre este procedimento e quais são os seus benefícios

Como é o pós operatório?

Por ser um procedimento considerado de baixa complexidade, o pós operatório também não exige tempo de repouso. É preciso, porém, tomar alguns cuidados até a efetiva cicatrização e a retirada dos pontos. São eles: 

  • No dia da cirurgia, mantenha-se em repouso;
  • Faça a troca de curativos todos os dias, limpando o local com soro fisiológico e outros produtos indicados pelo médico;
  • Aguarde o período solicitado pelo profissional para fazer a retirada dos pontos (geralmente entre 7 e 14 dias);
  • Evite refazer furos para a inserção de novos brincos na mesma região da cirurgia. Isso pode causar uma nova abertura excessiva do local;
  • Não utilize produtos que não sejam recomendados pelo médico;
  • Evite exposição ao sol até 90 dias após a cirurgia;
  • Exercícios físicos dependem de liberação médica, mas provavelmente serão incentivados poucos dias após o procedimento.

Quais são os riscos envolvidos?

Os riscos envolvidos variam de acordo com o perfil do paciente. Fatores como idade, comorbidades, peso, uso de medicamentos e fatores genéticos podem influenciar. No entanto, na maioria dos casos, o procedimento não oferece grandes complicações. 

Apesar de raras, algumas complicações como: a má cicatrização, deiscência (abertura dos pontos), inflamação e infecção podem surgir. Por isso, antes de realizar a lobuloplastia é necessário passar por uma avaliação médica.

Siga as orientações médicas em relação aos cuidados pós cirurgia
Evite refazer furos para a inserção de novos brincos na mesma região da cirurgia. Isso pode causar uma nova abertura excessiva do local. (Foto: Envato Elements)

Quando fazer a lobuloplastia?

O principal motivo pela busca da lobuloplastia é a correção da anatomia da orelha, com o intuito de melhorar a estética do órgão. Além disso, lóbulos muito danificados podem inviabilizar o uso de brincos, acessório bastante utilizado pelas mulheres. Nestes casos, o procedimento pode ajudar a fazer pequenos reparos e permitir a continuidade do uso dos itens. 

Além disso, a lobuloplastia também é indicada para minimizar as recorrentes inflamações no local, ocasionadas por diversos fatores. 

Pacientes que utilizaram alargadores por muitos anos, assim como idosos que danificaram a estrutura pelo uso prolongado de brincos e outros acessórios, também podem recorrer à lobuloplastia. 

Em casos mais raros de acidentes, em que o brinco possa ter enroscado em algum local e provocado a lesão, a cirurgia também ajudará a corrigir o problema.  

Conclusão

A lobuloplastia é uma cirurgia bastante utilizada para corrigir a anatomia do lóbulo da orelha. A orelha rasgada, como é conhecida, pode ser ocasionada pelo uso constante de brincos e outros acessórios. 

O procedimento é relativamente simples, sendo necessário apenas anestesia local. O médico une as bordas do tecido da orelha com pontos de sutura, corrigindo a fenda ou diminuindo o furo presente no local. 

Com duração de aproximadamente 30 minutos, a cirurgia é realizada no próprio consultório e requer apenas alguns cuidados no pós-operatório.

Se você  precisa fazer uma lobuloplastia ou quer avaliar a necessidade de passar por um procedimento desses, clique aqui e agende uma consulta com um de nossos médicos especialistas!

Avalie post
CO2 Fracionado

Clínica Art Corporis

Oferecemos centro cirúrgico, com leitos para internação para outras especialidades.

Categorias

Veja também

pele sensível
Dermatologia

Cuidados Especiais para Pele Sensível

Ter uma pele sensível requer cuidados especiais para mantê-la saudável e protegida. Descobrir a rotina adequada e os produtos certos

Cirurgia Plástica Brasília