Um novo conceito em Hospital Dia
Siga-nos:

E-mail

clinicaartcorporis@uol.com.br

Telefone

(61) 3542-2782 / 99921-6282

Menu

Abdominoplastia: o que é e como funciona

Abdominoplastia
Guia de Conteúdo

A abdominoplastia é uma cirurgia plástica realizada para remover o excesso de pele e gordura da barriga. Ela também pode ser usada para corrigir diástase, uma condição em que os músculos do abdômen se afastam. A abdominoplastia pode ser feita em conjunto com outras cirurgias, como lipoescultura ou cirurgia de redução de mama.

Com a perda de peso em grandes volumes, você pode acabar ficando com um excesso de pele, que mesmo com atividades físicas você não consegue eliminar. Esse excesso é comum em que fez o procedimento de cirurgia bariátrica, ou mesmo fez algum tratamento mais intenso de emagrecimento, como um acompanhamento de um nutrólogo.

A abdominoplastia é uma das cirurgias plásticas mais populares entre homens e mulheres. Se você estiver considerando a abdominoplastia, este artigo irá explicar o que é, como funciona e quais são os riscos envolvidos.

O que é abdominoplastia?

Abdominoplastia, também conhecida como dermolipectomia abdominal, é um procedimento cirúrgico que envolve a remoção da pele e do tecido gorduroso da barriga. A cirurgia também pode incluir a reparação de músculos abdominais afundados ou separados. 

Muitas pessoas optam pela abdominoplastia depois de perder muito peso ou ter um bebê, já que esses eventos podem causar flacidez na pele e no tecido abdominal. A cirurgia também é uma opção para aqueles que sofrem de diástase recti, uma condição em que os músculos abdominais se afastam.

A abdominoplastia geralmente leva de duas a quatro horas para ser concluída e os pacientes geralmente ficam no hospital por pelo menos uma noite. 

O tempo de recuperação varia, mas as atividades leves geralmente podem ser retomadas dentro de duas semanas, enquanto as atividades mais intensas precisam esperar pelo menos seis semanas para serem retomadas.

Indicações para a cirurgia.

A cirurgia é indicada para pacientes que apresentam um excesso de pele e/ou gordura localizados na região abdominal, que não respondem às medidas de controle do peso, como dieta e exercícios físicos. 

Veja também: Mamoplastia: tudo o que você precisa saber.

Abdominoplastia: Cuidados pós-operatórios

Os cuidados pós-operatórios de uma abdominoplastia são muito importantes para o sucesso da cirurgia. É importante que o paciente siga as instruções do médico e seja cuidadoso com a incisão. 

É comum que o paciente sinta dor e inchaço nas primeiras semanas, mas é importante controlar a dor com medicamentos prescritos pelo médico. Também é importante manter a incisão limpa e seca, usando os cuidados recomendados pelo médico.

Riscos e complicações da abdominoplastia.

Como qualquer outro procedimento cirúrgico, a abdominoplastia carrega alguns riscos e complicações. Estes podem incluir:

• Infecção.

• Hematomas ou hematomas.

• Sensibilidade nas incisões.

• Seroma (acúmulo de líquido no local da cirurgia).

• Trombose (coágulo sanguíneo).

• Drenagem insuficiente da água corporal. Isto pode causar inchaço nas extremidades inferiores, bem como dor nas costas e nas pernas.

• Cicatrizes hipertróficas ou queloides (crescimentos anormais de tecido cicatricial).

Lembrando que, se feita por um profissional devidamente habilitado e seguidas as orientações médicas, a abdominoplastia é um procedimento seguro e que oferece bons resultados.

Lipoescultura: saiba mais sobre os benefícios dessa técnica para reduzir gordura localizada. 

Este artigo foi útil? Deixe um comentário!

5/5 - (1 vote)
CO2 Fracionado

Clínica Art Corporis

Oferecemos centro cirúrgico, com leitos para internação para outras especialidades.

Categorias

Veja também

pele sensível
Dermatologia

Cuidados Especiais para Pele Sensível

Ter uma pele sensível requer cuidados especiais para mantê-la saudável e protegida. Descobrir a rotina adequada e os produtos certos

Cirurgia Plástica Brasília