Um novo conceito em Hospital Dia
Siga-nos:

E-mail

clinicaartcorporis@uol.com.br

Telefone

(61) 3542-2782 / 99921-6282

Menu

Próteses mamárias: escolhendo o tamanho certo para você

Próteses mamárias: escolhendo o tamanho certo para você
Guia de Conteúdo

As próteses mamárias são um tipo de cirurgia plástica que visa aumentar o tamanho e/ou corrigir a forma das mamas. A cirurgia é realizada através da colocação de implantes mamários sob o tecido mamário ou sob o músculo peitoral maior.

Existem vários tipos e tamanhos de implantes mamários disponíveis, e escolher o tamanho certo para você pode ser uma tarefa difícil. Você precisará considerar vários fatores, como seus objetivos estéticos, sua anatomia e as limitações da cirurgia. Neste artigo, falaremos mais sobre isso. Acompanhe!

Próteses mamárias e a anatomia da mama

O tamanho, a forma e a textura das mamas são determinados pela genética, pelo ganho ou perda de peso e pelo envelhecimento. A mama é composta de três camadas: a pele, o tecido mamário e a glândula mamária. 

A pele é a camada externa que cobre as mamas. O tecido mamário é uma camada espessa de tecido conjuntivo que sustenta as glândulas mamárias. A glândula mamária produz o leite para alimentar o bebê.

Seguindo a ordem, as glândulas mamárias são agrupadas em lobos, cada um com um duto que conduz o leite até a abertura na ponta do peito. Cada lobo está dividido em lóbulos, os sacos que produzem o leite. Os ductos galactóforos levam o leite dos lóbulos até a abertura na ponta do peito (poro) onde ele pode ser drenado pelo bebê durante a amamentação.

Assim, a avaliação da anatomia e saúde da mama é feita pelo cirurgião, com o objetivo de identificar possíveis problemas que possam impedir a realização da cirurgia. Após isso, dá-se prosseguimento às próximas etapas.

Mamoplastia: melhorando a aparência e a autoestima

Tamanho das próteses mamárias: Enxerto vs. Projeção

As próteses mamárias são implantes de silicone que são colocados sob o tecido mamário para aumentar o tamanho e a forma do seio. Existem dois termos principais relacionados às próteses mamárias: enxerto e projeção. “Enxerto” é o termo usado para descrever o tamanho da prótese, enquanto “projeção” é usado para descrever a forma. 

O tamanho da prótese mamária é medido pelo seu diâmetro e pelo seu comprimento. O diâmetro é a medida horizontal da prótese, enquanto o comprimento é a medida vertical. As próteses de enxerto são geralmente classificadas pelo seu tamanho em centímetros (cm), enquanto as de projeção são classificadas pelo seu volume em mililitros (ml). 

Assim, o volume da prótese mamária pode ser um pouco enganador, pois uma prótese de 300 ml pode ter um tamanho diferente de uma prótese de 300 cc. Isto ocorre porque as unidades de volume são diferentes. 1 ml é igual a 1 cc, mas 1 cc tem um volume maior que 1 ml. 

Por esta razão, as próteses mamárias geralmente são classificadas pelo seu tamanho em centímetros (cm) e não pelo seu volume em mililitros (ml). As mulheres que estão considerando a cirurgia de aumento mamário geralmente ficam preocupadas com o tamanho das suas próteses mamárias. No entanto, escolher o tamanho certo para você não é uma decisão fácil.

Qual tamanho de protese é o melhor para você?

Quando você está escolhendo o tamanho da prótese mamária, há vários fatores a considerar. Aqui estão algumas dicas para ajudá-la a escolher o tamanho certo para você:

1. Determine o seu objetivo. Você quer aumentar o tamanho do seio em geral, ou apenas corrigir uma assimetria? Se você estiver apenas corrigindo uma assimetria, então você pode querer considerar uma prótese mamária um pouco menor do que o seio maior.

2. Considere o seu tipo de corpo. Se você tem um corpo grande e robusto, poderá suportar facilmente uma prótese mamária maior. Se você é magra, então talvez você queira optar por uma prótese mamária um pouco menor.

3. Avalie a sensibilidade dos seus seios. Algumas mulheres têm seios extremamente sensíveis, enquanto outras não sentem nada quando tocam nas mamas. Se os seus seios são extremamente sensíveis, talvez você queira optar por uma prótese um pouco menor para evitar qualquer desconforto.

4. Leia as recomendações do cirurgião plástico. O cirurgião plástico que irá realizar a cirurgia de implante deve ter experiência com vários tipos e tamanhos de implantes mamários e ser capaz de aconselhá-la sobre qual seria o melhor para o seu caso específico. Siga as suas recomendações!

Riscos e complicações associados com as próteses mamárias

A cirurgia de implante de prótese mamária é considerada geralmente segura. No entanto, como qualquer procedimento cirúrgico, existem alguns riscos e complicações associados à técnica. Estes podem incluir: 

Infecção: Uma infecção pode desenvolver-se no local da incisão cirúrgica ou em torno da prótese. Os sintomas de uma infecção podem incluir inchaço, vermelhidão, dor e/ou secreção purulenta do local da incisão. 

Hematomas: Os hematomas são acúmulos de sangue que se formam no local da incisão cirúrgica. Eles podem causar inchaço e dor nas áreas afetadas. 

Capsulite contraturada: A capsulite contraturada é uma complicação que ocorre quando se forma uma cápsula fibrosa em torno da prótese mamária. Isso pode causar dor nas áreas afetadas e pode levar à deformidade das mamas. 

Ruptura de silicone: As próteses mamárias podem ter um risco maior de ruptura do que as outras opções de implantes. Se isso acontecer, você precisará substituí-la cirurgicamente.

Para garantir a segurança e sucesso do procedimento, é necessário seguir as recomendações do médico em relação aos cuidados pré-operatórios.

Tudo o que você precisa saber sobre mamoplastia

Cuidados pós-operatórios com as próteses mamárias

Após a colocação das próteses mamárias, é importante seguir as instruções do seu médico para garantir a melhor recuperação possível. Isto inclui cuidados especiais com as próteses, tais como:

* Evitar tocar nas próteses, especialmente nos primeiros dias após a cirurgia. Se você precisar tocá-las por algum motivo, lave as mãos antes.

* Não espremer ou massagear as próteses.

* Não dormir de barriga para baixo nas primeiras 4 a 6 semanas após a cirurgia. Você pode dormir de lado ou de bruços depois desse período.

* Não levantar objetos pesados nas primeiras 4 a 6 semanas após a cirurgia. Consulte o seu médico para saber qual o peso que você pode levantar depois desse período.

Se você ainda tiver alguma dúvida em relação às próteses mamárias, entre em contato com os nossos especialistas neste link. Estamos sempre prontos para melhor lhe atender.

Você também pode gostar destes conteúdos:

Lipoescultura: entenda mais sobre como esse procedimento funciona

Rinoplastia: o que você precisa saber antes de fazer

Otoplastia: o que é e como pode melhorar a sua aparência

Avalie post
CO2 Fracionado

Clínica Art Corporis

Oferecemos centro cirúrgico, com leitos para internação para outras especialidades.

Categorias

Veja também

pele sensível
Dermatologia

Cuidados Especiais para Pele Sensível

Ter uma pele sensível requer cuidados especiais para mantê-la saudável e protegida. Descobrir a rotina adequada e os produtos certos

Cirurgia Plástica Brasília